Ano letivo 2012/2013

"A escola é mais do que um espaço onde se transmite conhecimento" - Vitorino Magalhães Godinho

terça-feira, 28 de setembro de 2010

OUTONO


( letras ilustradas, pintadas pelos alunos, e painel construído pelo João Pedro e a mãe, numa actividade de colaboração entre a família e a escola)

O tempo arrefece.
Uvas, figos, castanhas, peras…para comer.
Todas as crianças na escola já estão.
Os animais mais frágeis têm de se proteger.
Nas árvores, as folhas soltam-se e voam de lés a lés.
Ouve-se crac – crac por baixo dos nossos pés.

Poema coletivo ( observação de ilustração)

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Beira Mar - A nossa 1ª vez com jogadores da 1º Divisão

A professora Quicas ouviu o marido, que é o atual presidente do Beira Mar, dizer que é "De pequenino que se torce o pepino!" e que gostava que as crianças das escolas convivessem mais de perto com o futebol.
A Professora não gosta muito de futebol, mas concordou com a ideia do provérbio.
Então pediu ao marido para nós, e os nossos colegas da Escola E:B.1 de Oliveirinha irmos assistir a um treino.
Ele concordou, até porque o Presidente da Junta de Freguesia de Oliveirinha, o Sr. Armando Vieira empresta o campo do Oliveirinha para os treinos.
Hoje foi o grande dia!!!
Fomos todos para o campo do Oliveirinha e eles, os jogadores, lá estavam a treinar e à nossa espera.
Entrámos no campo e começámos a jogar com eles e depois ainda recolhemos muitos autógrafos.Alguns colegas até no corpo tiveram autógrafos! Se calhar, agora já não vão poder tomar banho!
Ah! Também tiramos muitas fotos.
O Bruno, guarda redes, ensinou uns truques ao Quico Cláudio para ele defender melhor.
Para alguns dos Quiquinhos que jogam futebol foi um verdadeiro treino. Também fizemos "cuequinhas" que são fintas.
Ficamos muito felizes, também, porque nunca tínhamos chutado em bolas da 1ª divisão.
Quando o autocarro do Beira Mar se foi embora fomos todos atrás dele a gritar; BEIRA- MAR; BEIRA-MAR.
Hoje o Qquiquinho Fábio fez 8 anos e a mamã dele também esteve presente, mas não tirou a fotografia do colectivo. Ficou no banco. Será que estava de castigo, ou lesionada e não podia jogar?

PS:Escola/Comunidade...O futuro começa aqui...O Furebol veio até nós. Senhores da cidades tragam mais desporto e mais cultura à escola, ou criem condições para que possamos ir nós até esses espaços, onde a cidadania se alarga e nos enriquece.
Como cantava o velho coro De Lopes Graça " ACORDAI"...
A professora

Texto colectivo video

terça-feira, 14 de setembro de 2010

A propósito da matemática...

Vejam o que os meus meninos me disseram hoje, quando lhes perguntei:
" Para que servem os números?"
- Para contar e fazer contas (Soraia 2º ano)aluna nova na turma
- Para numerar e ordenar.(Cláudio)
- Dão para fazermos os algoritmos.(André Oliveira)
- Sem os números não sabiamos em que ano estávamos, o dia em que nascemos e nem quantos anos tinhamos! (Miguel)
- E sem números não sabiamos que horas são, quando temos que entrar e sair da escola,não podíamos saber o número de vitímas dos acidentes, não podíamos fazer compras... Só se fosse tudo de borla! (Ricardo)
- Pois, não sabíamos o valor das notas e sem númros o carteiro não podia entregar as cartas, porque não sabia as portas, e não sabiamos usar o comando da televisão. (João Miguel 3º ano)
- Sem números não podíamos resolver os problemas matemáticos (Diogo)
- Sem números não podíamos telefonar. (Tomás) aluno novo na turma
- Nem podíamos meter o pin e não havia códogo postal.(Ricardo)
- Não sabiamos ver os Kgs que queriamos e os litros da gasolina, os kms, os metros de altura e os metros quadrados das casas e dos campos ( João Pedro e Cláudio)
- Não sabíamos ver as frequências dos rádios. (António)
- E, sem números como iríamos ordenar as frases e as outras coisas? (Diogo)

Tocou e acabou a conversa, como começou... com uma pergunta!
Então decidi publicar, porque um dos propósitos principais do ensino da matemática já cá(lá)canta.
professora

terça-feira, 7 de setembro de 2010

"Bora" Lá Pessoal




Segunda-feira já nos vamos voltar a encontrar. Está tudo pronto para novas descobertas? Mas primeiro vamos matar saudades e partilhar as nossas experiências de férias.

A Professora Quicas